Dias melhores virão

Dias melhores virão


9 de novembro de 2015. O segundo ano e mais um ciclo dessa vida ao lado do diabetes.

Há dois anos atrás julguei que fosse a minha sentença de morte. Hoje, relembro o fim do inconsequente e celebro a fase de um Homem com muita vontade de viver.

Fica claro que nada na vida é por acaso, tenho clara certeza disso todos os dias, quando acesso a página e vejo tantas pessoas ali, querendo acompanhar esse minha história e a companheira arranjada que apelidei de “Bete”.

Não esperava que fossem 2, 3, 100 e muito menos 25 mil pessoas. Nunca desejei isso também, acredite você ou não.

Eu só queria ter a chance de entender se mais pessoas reagiam como eu sobre aquela descoberta. Vi que não estava só.

Hoje ganhei amigos com um ponto de encontro comum.

Exemplo? Longe de ser um! Mas tentar ajudar eu posso, do meu modo e com o que escrevo talvez.

Fama? Os mais próximos sabem que nunca será a proposta. O dia que passar na minha cabeça, o Eu e a Bete se tornará uma doce lembrança.

Eu só quero seguir aqui nesse endereço, conhecendo pessoas, histórias e cultivando o pensamento que a Bete não limita, apenas motiva.

E a camisa que ilustra o texto. Ela diz “Blessed” abençoado em inglês. Pois acredito que até hoje, e com o Deus que sigo, que sempre fui uma pessoa abençoada por Ele.

E da frase que entitula essa mensagem, encerro essa reflexão. Dizendo pra você que ontem pode ter sido um dia ruim, mas tenha certeza, como eu acredito sempre: Dias Melhores Virão!

4 Comentários

Deixe o seu
  1. 1
    Fatima Oliveira

    Eu moro em Salvador tenho a bete a alguns anos mas devido ao descotrole por nao ligar muito um erro grave da minha parte estou tomando insulina a um mes e esperando o resultado espero que seja positivo e voce tem me encorajado bastante com seu otimismo obrigado bjos

+ Deixe um comentário