Mais uma gota de sangue

Mais uma gota de sangue


O meu dia é definido sem sombra de dúvidas pelas minhas mãos. Todos os meu dedos são autores da resposta que o meu corpo diz sobre o que está circulando dentro de mim. A Bete está ali passeando nas minhas veias e artérias, com uma boa carga de açúcar.

Através de uma gota de sangue, eu sou capaz de acabar ou não com a bagunça que ela tenta causar dentro de mim.

Dizer que é uma enorme diversão fazer isso, certamente que não, mas agradecer por existir tal método sem sombra de dúvidas eu faço.

Olho as pequenas marcas que sempre são incorporadas em minhas digitas e sei que devo seguir em frente, mas ao mesmo tempo fico pensando quando será a última gota de sangue.

Um dia acredito será o último furo, o último teste, ainda em vida, ainda com saúde e seguindo em frente sempre!

+ Não há comentários

Deixe o seu