Insulina e a Bete

Insulina e a Bete


Lembro a primeira vez que fui ao encontro desta agulha. Parecia uma faca indo ao encontro da minha barriga.

Algo que me causou medo, tristeza e que parecia como a foto. Um retrato em branco e preto.

O tempo passou e hoje afirmo que esse é o principal combustível que me mantém todos os dias vivo.

A minha rotina diária, o meu escovar de dentes e algo que mostra que pude superar mais um desafio.

Portanto, se hoje você foi apresentado a este mundo de agulhas, insulinas e afins. Não desista e não pare de sorrir.

Insulina é vida e com ela que hoje continuo escrevendo a minha história.

Eu e a ‪#‎Bete‬!