Prefiro nem verificar, melhor não saber. Tenho medo do diabetes.

Prefiro nem verificar, melhor não saber. Tenho medo do diabetes.


Ontem, fui com minha esposa, em uma praça próximo de minha casa fazer um lanche.

Chegando ao local, pedi um refrigerante Zero, mas não havia nenhum no freezer (quase sempre isso).

Fui em busca de outro local para comprar a bebida e retornei a esta lanchonete.

Expliquei ao rapaz que nos atendeu que tenho diabetes e por isso não poderia beber nada com açúcar.

Logo ele foi comentando que toda sua família tem diabetes, de mãe a avó (sempre a avó) rs

Lembrou que ela tem o “aparelhinho que fura o dedo” e faz isso diariamente.

Ele logo se entregou, falando que ama doce, que não vive sem e de manhã, no café, precisa comer algum doce pra iniciar o seu dia.

Então temos um belo candidato a Bete, não é mesmo? Para seguir a prosa, falei um pouco da minha história e se ele já havia verificado ou realizado algum exame relacionado a sua glicemia.

E aí vem o título do texto de hoje e a resposta deste jovem: “ Prefiro nem verificar, melhor não saber. Gosto muito de doce e não quero ficar sem isso pra vida toda.”

Então é melhor continuar sem controle, cuidados, pagando pelo risco do que antecipar o problema?

Sabem, esta não foi a primeira e nem a última que irei ouvir as mesmas palavras ou com a mesma linha de raciocínio.

Isso é sério. É melhor ter um monte de problemas de saúde, passar risco de vida e tantas outras coisas num futuro do que um simples teste de glicemia? Vale a pena mesmo?

Na minha opinião, seria o mesmo que estar num meio de um campo de futebol durante uma tempestade, esperando ser sorteado por um raio bem no meio da cabeça.

Um furo no dedo, sem dor, choque, sustos é o suficiente pra saber como o seu pâncreas está suportando cada carga de açúcar e sedentarismo que vem colocando pra dentro de você.

Esse mesmo teste que me deixou na primeira vez sem chão, em um abismo, foi o mesmo que me deu a chance de seguir com a minha vida.

Não use o “Tenho medo, isso irá doer, melhor não saber…” e tantos outros.

Tenho medo de morrer e por querer viver muito que tenho toda uma rotina ao lado do diabetes.

Lembre-se: Você não está sendo egoísta apenas contigo, mas principalmente com aqueles que te amam!

+ Não há comentários

Deixe o seu