O Arroz Integral

O Arroz Integral


Que tal um arroz integral?

Com certeza ao ler isso você deve ter “virado” o nariz, lembrado do gosto ou cheiro que não são muito agradáveis para a grande maioria.

Agora vamos a uma pergunta simples: Por que ou para que desde cedo você come o arroz branco?

Assim como várias outras coisas, o hábito veio, a moda pegou e todos foram doutrinados a inserir na alimentação este famoso elemento.

O que podemos falar que o surgimento dele foi em decorrência do desenvolvimento de equipamentos capazes de realizar o polimento deste grão.

E esse hábito gastronômico é usado amplamente pelas culturas ocidentais, pois um dos seus principais benefícios é a durabilidade dele quando
estocado.

Sem sombra de dúvidas o preço também é convidativo, pois como é utilizado pela grande maioria, as relações comerciais e tarifárias são facilitadas.

Arroz integral

Agora, falando sobre o arroz integral, ele por sua vez é muito mais nutritivo.

Um de suas qualidades é ser rico em fibras como por exemplo o oligossacarídeose, que é um dos responsáveis pela boa saúde intestinal.

Cientificamente, já foi constatado que o arroz integral possui uma substância em seu grão capaz de influenciar a pressão arterial, ajudando a baixá-la.

Diferenças

O grão de arroz é composto por várias camadas: Uma parte interna esbranquiçada, o endoesperma; a casca marrom; o farelo e a camada abaixo do farelo chamada subaleurona.

Exceto o endoesperma, as demais camadas são retiradas quando o grão é totalmente polido. No caso do integral, pode-se ou não retirar a casca, mas sempre é
mantido as duas camadas intactas.

Muitas vezes o arroz branco é tratado artificialmente com glicose e até com parafina, para ficar brilhante e com talco neutro pra ficar “soltinho”.

Diabetes e o arroz integral

Por ser rico em fibras, mineirais, vitaminas e fitoquímicos, ele não se relaciona com o aumento dos níveis de açúcar no sangue após as refeições. Daí seu
poder positivo para o diabetes, principalmente para o tipo 2.

Outros componentes e benefícios do arroz integral

Além dos componentes já citados no arroz integral, podemos citar que ele é rico em metionina, aminoácido que evita a queda dos cabelos, hidrata a pele, reduz
o colesterol e afasta a fadiga crônica.

1 colher de arroz integral, possui apenas 15 calorias.

Mantém a saciedade do indivíduo por mais tempo.

Proteção do sistema nervoso.

Auxílio nas contrações musculares.

Rico em selênio, que reduz o risco de desenvolver doenças comuns, tais como câncer, doenças cardíacas e artrite.

Promove a perda de peso, pois mantém a função intestinal regular tornando a digestão muito mais fácil.

Mas poxa, não sei preparar o arroz integral. No vídeo abaixo há uma excelente explicação sobre o seu preparo.

Sempre lembrando: Procure o seu médico para que avalie o melhor tratamento e a melhor dieta nutricional no tratamento com o diabetes.

 

Referências:

http://revistavivasaude.uol.com.br/guia/os-beneficios-do-arroz-integral/2501/#

http://corpoacorpo.uol.com.br/dieta/nutricao/arroz-integral-ajuda-a-controlar-diabetes/7956#

http://medalimenta.blogspot.com.br/2012/01/o-arroz-integral-e-rico-em-fibras.html

Imagem: http://www.vegkitchen.com/tips/10-reasons-why-brown-rice-is-the-healthy-choice/

1 Comentário

Deixe o seu
  1. 1
    saadia

    Bom dia! Ótima essa iinformação, depois que descobrimos que meu esposo tinha diabetes tipo 2 o arroz integral faz parte da nossa rotina e todos da família já se acostumaram.

+ Deixe um comentário