Olimpíadas, atletas e o diabetes

Olimpíadas, atletas e o diabetes


Olá pessoal,

Há muito tempo estava com um desejo de buscar algumas ótimas referências nos esportes e que tivessem algo comum conosco. A Bete!
Aproveitando este clima de olimpíadas, resolvi vasculhar a internet e encontrei excelentes referências que compartilho com vocês abaixo.
Quero ver agora você falar que a Bete te impede de algo!
Adam Morrison
Imagine um garoto e um sonho: Ser um grande astro no basquete da NBA.

adam morrison

Pense agora que no meio deste sonho surge o diagnóstico de diabetes tipo 1.
Adam precisou vencer esta batalha em busca de seu sonho. O primeiro resultado de glicemia foi de “865 mg/dl”.
Ele acreditava que fosse morrer, mas logo seu médico afirmou que o Diabetes não era uma sentença de morte.
Morrison é bem objetivo sobre a sua condição: Eu sou apenas um jogador normal com algo ao meu lado”.
Adam foi considerado um dos melhores e mais conceituados jogadores universitários. Na NBA ele jogou em grandes times, entre eles o Lakers.

Durante os jogos, Adam pode ser visto regularmente aplicando insulina.

“Hoje, eu quero mostrar para as pessoas com diabetes, que é possível viver uma vida saudável e que é possível seguir com seus sonhos.” Diz Adam.

Steve Redgrave
Considerado Um dos maiores atletas olímpicos

steve redgrave

Steve Redgrave, vencedor de 5 medalhas de ouro consecutivas. Ele tem diabetes tipo 1.
Participou da maratona de Londres por 3 vezes desde que se aposentou do remo. É considerado sem sombra de dúvidas  uma lenda do esporte.

Gary Hall Jr.
“Com o tempo, eu era capaz de descobrir. Sim, eu posso fazer isso.”

Generated by IJG JPEG Library
Nadador olímpico Gary Hall Jr. não deixou que o diabetes impedisse ele ganhar 10 medalhas olímpicas.
Diagnosticado com diabetes tipo 1 quando tinha 25 anos, ele já era um medalhista olímpico e foi dito pelos médicos que a sua carreira na natação havia acabado.
Depois de um curto tempo de reflexão, ele decidiu continuar na natação.
Nos jogos olímpicos de Sydney 200, Gary ganhou os 50m livre em tempo recorde! Gary acrescentou mais duas medalhas (uma de outro e outra de bronze) à sua coleção nas olimpíadas de Atenas em 2004.
Fora das piscinas, Gary teste sua glicemia por no mínimo 8 vezes ao dia. Nas competições ele carregava seu kit da Bete.

Matheus Santana
Atletas que superam o diabetes

matheus santana

Uma das grandes promessas da natação brasileira, Matheus Santana, nosso medalhista de ouro nos jogos olímpicos da juventude de Nanquim é um grande exemplo disso.
Teve o diagnóstico do diabetes aos 8 anos de idade e passou por um momento difícil por conta da Bete.
Em 2013, ele foi cortado da delegação brasileira que disputou o Mundial Juvenil em Dubai. O motivo: estava com a glicemia fora de controle. “O diabetes não atrapalha se eu me cuidar. Na época, não estava me cuidando um pouco, e por isso os resultados dos meus exames ficaram altos. Então, fui cortado por uma questão de saúde mesmo”, disse o nadador em entrevista ao site Esporte Essencial.
Recentemente ele representou o time de atletas das olimpíadas Rio 2016.

Washington Coração Valente
Um dos maiores exemplos de atletas dos gramados com diabetes

washington fluminense

O ex-atacante Washington brilhou em grandes clubes do futebol brasileiro como Fluminense e São Paulo, foi diagnosticado com diabetes aos 21 anos e iniciava sua carreira nos gramados no Caxias (RS).
Na ocasião ficou em dúvidas se poderia seguir em frente com a sua carreira, mas procurou auxílio médico e iniciou o seu tratamento.
Ele atuou até os 35 anos, se aposentando em 2010, após ser campeão brasileiro com o Fluminense.
Além de vários títulos pelos clubes que passou, foi convocado para a seleção brasileira, disputando a copa das confederações de 2001.


Fontes:
http://www.typ1diabetes.com/adam_morrison_ketoacidosis.htm

http://www.esporteessencial.com.br/pratique/disciplina–forca-de-vontade-com-essa-combinacao-o-diabetes-fica-na-dele-sem-atrapalhar-a-vida-de-seus-portadores
http://www.kidzworld.com/article/7474-overcoming-diabetes#ixzz22E6LJIZ6

14 Winning Athletes With Diabetes

+ Não há comentários

Deixe o seu