PERSISTÊNCIA

PERSISTÊNCIA


Bom dia povo de bem!!!
Que saudades estou  de compartilhar com vocês um pouquinho da minha experiência, sobre os aspectos emocionais, psicológicos e comportamentais…
Quem nunca passou um final de semana, se perguntando sobre as condições que te trouxeram até esse momento: “O que eu fiz para ter Diabetes? Porque comigo? Logo meu filho?! Que chato! Tô aqui nessa festa e não posso comer nada!”  Ou ainda, pensando sobre sua situação de vida, escolhas feitas, possibilidades perdidas e tantos outros acontecimentos diários que parecem ser verdadeiros testes de sobrevivência.
Ontem estive no aniversário de uma jovem, e nele estava a sua avó, sentada, afastada dos mais novos, e observando tudo ao seu redor. Um aspecto chamou muito a minha atenção, essa senhora estava acompanhada da “BETE”, o que fazia com que ela lembrasse a todo tempo os alimentos que eram proibidos mesmo que diante dos seus olhos. A persistência, a consciência que ela apresenta da sua doença, do que é importante ser feito para não prejudicar a sua saúde, fazia com que cada possível deslize, saísse de cena e entrasse somente as respostas: Não obrigada! Não posso comer esse, obrigada!
Penso como pode ser difícil viver com algumas limitações alimentares, rotinas, ter que levar a Diabetes com normalidade para ter uma vida mais saudável e com qualidade. Mas diante de todos os desafios, como você se percebe?
O que tem parecido fácil, difícil ou impossível em ser vivenciado?
A persistência é um aspecto muito importante para que o indivíduo consiga identificar suas prioridades e logo, investir tempo, emoções e tudo quanto acredita ser necessário para seguir em frente.
Segundo o site Excellence Studio a persistência é definida como a capacidade de continuar com os esforços mesmo frente aos mais desanimadores desafios ou obstáculos.
Diante desta breve reflexão, qual a sua capacidade em persistir?
Os caminhos que são percorridos em cada momento da vida, e as escolhas realizadas, contribuem significativamente para seguirmos de forma positiva ou negativa, mas quando o caminho escolhido não foi o melhor, continuar insistindo nele pode ser extremamente desmotivador, já que resultados não são obtidos de forma produtiva. Sendo importante, aprimorar seu olhar diante de novas possibilidades, novos caminhos e direções.
O que você pode fazer de melhor por você hoje? Reflita sobre os caminhos possíveis e se possibilite iniciar a semana com um novo olhar.
“A persistência realiza o impossível”
(Provérbio Chinês)

 

Até breve!

+ Não há comentários

Deixe o seu