Querida Bete, confesso que hoje…

Querida Bete, confesso que hoje…


Querida Bete, confesso que hoje…

É difícil confessar os erros que cometemos quando o assunto é o diabetes, não é mesmo?

Admiti-los e por conseguinte corrigir então, nem se fala!

Mas ontem propositalmente coloquei na página do Facebook a oportunidade de falarmos sobre isso.

Os deslizes, desafios e tentações são diários e constantes.

Lamentar, criticar ou se punir por isso, ao meu ver, não será o melhor remédio nesse seu relacionamento com a Bete.

Acredito que assim como toda e qualquer relação, será preciso transparência, verdade e confiança.

Estranho tratar o diabetes como um “Eu” imaginário, mas essa é a forma como encaro essa parceira.

Se cuido bem dela ela não me atrapalha.

Posso e convém (somos humanos) cometer erros, mas a insistência disso certamente pode gerar uma dor de cabeça futura nesse casamento que, certamente, você não está nem um pouco interessado em saber como é.

Não existe um manual de sobrevivência diário com a Bete. Apenas tente encarar que ela em sua vida não é o fator dominador.

Domine, desafie e conquiste a tranquilidade nesse relacionamento.

Entao hoje querida Bete, confesso que resolvi mudar.

2 Comentários

Deixe o seu

+ Deixe um comentário