Quiabo e Diabetes

Quiabo e Diabetes


Há alguns anos, muitos programas e sites vêm divulgando supostos benefícios da água de quiabo para os diabéticos.

A polêmica do quiabo surgiu na realidade, após o programa “Caldeirão do Huck”, da Rede Globo, exibir uma reportagem com 3 jovens estudantes, onde mostrava que 8 diabéticos (parentes e amigos dos jovens) que haviam ingerido a famosa “baba do quiabo” haviam diminuído as glicemias. E ao final do experimento, foram premiados pelo Programa com 30 mil reais para os estudantes, como forma de incentivá-los a estudar (e não porque tinham encontrado a cura do diabetes).

Na época, a repercussão foi tão grande que uma página do Facebook, foi compartilhada mais de 300 mil vezes com a receita. Haviam relatos de internautas diabéticos que ingeriam diariamente “a baba do quiabo” e não estavam mais tomando medicamentos e/ou insulina para o controle, porque estavam “curados”.

As notícias cada vez mais circulavam pela internet e, preocupava (leia-se: ainda preocupa) muito os profissionais de saúde que trabalham com o diabetes, pois não há embasamento científico.

Mas de fato, o que é verdade nisso tudo?

O quiabo, por si só, não cura o diabetes! Isso é fato! O que acontece é que esse alimento, é rico em fibras solúveis, o que lentifica a absorção dos carboidratos, ou seja, a glicose sanguínea aumenta mais devagar com a ingestão do quiabo. Além disso, sabe-se que o consumo de verduras e frutas tem maior quantidade de fibras na sua composição, o que confere a sensação de saciedade, logo diminui a fome dos diabéticos. Então, é normal que a ingestão dos alimentos seja menor e o controle glicêmico seja mais fácil de ser alcançado. Vale ressaltar que, o quiabo por ser um alimento, não produz insulina e por isso, não substitui os remédios e/ou insulina e muito menos cura o diabetes.

Logo, se o diabético quiser inserir o quiabo na sua alimentação, não tem nenhum problema (só não pode usar aqueles diabéticos que tem alergia).

Por fim, é importante frisar que embora não haja até o momento cura do diabetes. O diabetes é perfeitamente controlado com o uso de medicamentos e/ou insulina associado a alimentação saudável e a prática de atividade física.

Só assim, é possível ter uma vida feliz e segura ao lado da Bete!

Referências Bibliográficas

– Posicionamento da Sociedade Brasileira de Diabetes sobre o Quiabo

– Santos AV, Costa, ES, Santos M. Efeito dos compostos solúveis em água de quiabo (Abelmoschus esculentus L) nos níveis glicêmicos de camundongos Mus musculus, Ciência et Praxis, 2014; 7(13): 7-11.

+ Não há comentários

Deixe o seu