Sobre grupos de apoio, sobre o Insulina do Amor

Sobre grupos de apoio, sobre o Insulina do Amor


Quero iniciar a sexta com gratidão a tantas coisas que o mundo virtual, junto a essa vida com a Bete vem me proporcionando dia pós dia.

Quando criei o grupo Insulina do Amor, há cerca de um mês, havia uma expectativa minha e da Marcella Sandim de ajudar um pequeno grupo de pessoas, com um conjunto de profissionais, dispostos a tirar uma parte do tempo para auxiliar nas diversas questões ali apresentadas.

Hoje, estamos chegando a quase mil pessoas e recebendo inúmeras mensagens, histórias de vida e claro, muito amor de quem participa.

Para ilustrar tudo isso que falo, compartilho a mensagem que recebi da Nara Queiroz que responde bem o que vem sendo o Insulina do Amor.

Obrigado Nara e a todos vocês, que apoiam mais uma iniciativa como essa que tem muito carinho e dedicação envolvidos.

||

“Pablo, sou a Nara do grupo de MG. Passando para agradecer a criação do Insulina do Amor. Na nossa família temos um docinho, um menino que foi abandonado pela aos 3meses e minha mãe o adotou. O diagnóstico veio aos 2anos e hoje ele está com 5. O grupo foi a primeira vez que consegui fazer minha mãe partilhar sua história e percebo como está fazendo bem para ela, ver que não está sozinha. Muito obrigada !!!”

Para participar do grupo, basta clicar no link abaixo:

https://www.facebook.com/groups/insulinadoamor

+ Não há comentários

Deixe o seu