Tudo sobre o FreeStyle Libre

Tudo sobre o FreeStyle Libre


Bem pessoal, antes de qualquer coisa, vamos para algumas considerações antes de você começar a ler este post.

Eu irei abordar, acredito, toas as informações que eu obtive sobre o Libre e ainda sem dúvidas, falar as minhas impressões sobre este novo produto que vai estar disponível a venda no Brasil nesse mês de junho.

Eu não sou especial, não faço parte dos iluminados, elegíveis, especiais, únicos e qualquer outra definição que você queira aplicar sobre o fato do Pablo ter sido escolhido para testar o produto.

Pra falar a verdade, foi a primeira vez que fui chamado para algo desta dimensão e acredito que isso se deu ao fato de vocês, me apoiarem e acompanharem a tanto tempo esse trabalho com o Eu e a Bete.

Vou aproveitar e usar uma frase que acabei de ler da minha amiga Luciana Oncken e que define este momento, pois eu acho que não falo por mim, mas por todos vocês: “Enquanto uns usam singular, insisto em continuar no plura! ;-)”  

E por fim, gente eu sei que o produto é caro, ainda inacessível para grande maioria (estou incluído nessa), mas entenda. Irei abordar aquilo que realmente precisamos saber sobre o Libre.

Minhas considerações

Quando recebi o produto, claro que fiquei feliz, fui logo mapear o conteúdo da caixa e iniciar o teste com ele.

freestyle libre conteudo

Manual bem explicativo, não vi mistério ao aplicar (coloquei o video abaixo pra vocês) e depois comecei o meu diário de bordo.

No primeiro dia os valores no Libre não são tão precisos. O próprio fabricante informa isso, pois ele digamos, vai se ajustando nas primeiras horas, para alcançar a precisão necessária.

Portanto, não só no primeiro dia, mas em todos que estou com o Libre, fiz alguns testes com o meu velho amigo glicosímetro furando o dedo. 

Ah o resultado! Dá uma variação entre o Libre e o Glicosímetro entre 10 a 20mg/dl.

Outra coisa. Pelo simples fato de ter nas suas mãos a liberdade de consultar o valor da glicemia a hora que quiser, isso gera um “vício”. Nos primeiros dias, queria medir a cada 5 minutos, então pera. Não precisa disso! Consulte nos períodos de sempre, pois conhecer o brinquedo novo é legal, mas se tornar uma mania não é nada saudável.

Coça, irrita, incomoda? Sinceramente, ontem, depois de 6 dias de uso, que senti “pinicar”, mas nada demais.

Bem, estou falando do meu caso! E a coceira parou logo.

Ah, você fica com medo de cair, esbarrar, bater, perder o sensor no seu braço, mas fique tranquilo, isso não vai acontecer, a não ser que você esbarre de forma brutal em algum lugar, arranque com as próprias mãos e etc…

IMG_0209

Estou gostando, me ajudou principalmente a identificar o que potencialmente altera a minha glicemia, qual intervalo tempo e outros fatores que possibilitam a mudança de humor da minha Bete.

Bem, como falei, ainda acho caro, com certeza! Mas o que ele proporciona a nível de possibilidades de medição de glicose, relatórios (ele tem um programa para usar no PC) e a não frequência das picadas nos dedos, acabam sendo virtudes.

Mas torço sinceramente que ao passar do tempo, isso melhore!

Mas Pablo, você ganhou sensores pra vida toda? Não! Ganhei 2 para teste e depois é por minha conta!

E você vai continuar usando? Gostaria, mas sou brasileiro, em tempos de crise, estou pagando as minhas insulinas e cada sensor dura 14 dias, logo preciso de dois sensores por mês. Então, talvez agora, fique um pouco pesado pra mim.

Sobre o evento

Então, anteontem fui a SP, a convite do laboratório fabricante do Libre, Abott, num encontro que reuniu algumas pessoas, da própria empresa e outros blogueiros que vocês acompanham. Acredito que até já devem ter lido as considerações deles.

Alguns eu também só conhecia pela internet e foi muito legal ter esse contato pessoalmente.

O que obtive de informações por lá:

-Ele é certificado pela ANVISA;

-Ele é um sistema flash de monitor de glicose.

-Não substitui completamente as nossas tradicionais medições de glicose. Existem três situações que se faz necessário verificar a glicemia no método habitual. 

No aparelho, quando você mede, aparece uma seta ao lado do valor da glicose. Quando a seta está apontando pra cima ou para baixo, é preciso medir furando o dedo.

E quando estiver com hipoglicemia ou com um sintoma que você julgue diferente do apresentando no display do Libre, também é importante medir a glicose da forma habitual.

Pablo, criança pode usar? Bem, ainda no Brasil não foi aprovado o uso, mas na Europa, tem estudos que aprovam o uso em crianças acima de 4 anos.

E se meu aparelho ou sensor der problema? Segundo informado, terá uma central de atendimento exclusiva para resolver qualquer falha do produto. Dependendo do caso, o mesmo será substituído sem custo.

Quando será vendido? Não recebemos a data, mas será na segunda semana de junho.

Onde será vendido? Exclusivamente no site (freestylelibre.com) mediante cadastro.

+ Não há comentários

Deixe o seu